Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
07/04/2021

GO: Defensoria Pública Especializada em Cartas Precatórias presta assistência a moradores de Goiânia em demandas de outras localidades

Fonte: ASCOM/DPE-GO
Estado: GO
Pessoas que moram em Goiânia e precisam de assistência processual em matérias que tramitam em outras comarcas, sejam elas do interior goiano ou de outras unidades da federação, podem contar com o atendimento prestado pela Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO). Por meio da Defensoria Pública Especializada em Cartas Precatórias, são assistidos aqueles que, por diversas razões, são demandados em processos judiciais que já estão em andamento fora da capital. A atuação ocorre nas áreas cível e criminal.
 
Durante o atendimento, a Defensoria Pública realiza a defesa necessária para o assistido e o acompanha no decorrer do processo. Além de residentes de Goiânia, podem ser atendidas pessoas que vivem em outras cidades, desde que seus processos tramitem na Vara de Precatórias da Capital. Nesse caso, o deferimento do atendimento não depende do município de residência do assistido. Na área Criminal, também há atendimento para pessoas que são presas em Goiânia por mandados de prisão de outras comarcas e a seus familiares.
 
Em razão da pandemia do novo coronavírus, o atendimento é realizado de forma prioritariamente virtual, por meio de telefone e/ou WhatsApp. Aqueles que se enquadram nos critérios mencionados (residir em Goiânia e ter processo judicial em outras localidades) e precisam de acompanhamento podem procurar a Defensoria Pública por meio do número 62 98330-0187.
 
Em causas cíveis e de família, a necessidade econômico-financeira do pretenso assistido será aferida, segundo critérios estabelecidos pelo Conselho Superior da Defensoria Pública. A aferição econômica não é obrigatória em causas criminais ou de execução penal.
 
Família
 
Em meio à atuação diversificada da Defensoria Pública Especializada em Cartas Precatórias, é possível identificar alguns tipos de causas mais recorrentes. De acordo com o defensor público titular, João Iago Oliveira Alvarenga, destacam-se na área Cível processos ligados ao Direito de Família, como ações de alimentos, de guarda, de reconhecimento de paternidade e de divórcio ou dissolução de união estável, por exemplo. “São situações muito comuns e relevantes, pois muitas pessoas possuem famílias espalhadas pelo País”, diz ele.
 
Serviço:
 
Defensoria Pública Especializada em Cartas Precatórias
 
Telefone/WhatsApp: 62 98330-0187
 
Atendimento a pessoas que residem em Goiânia (GO) e possuem processos judiciais em outras localidades
 
 
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
12/04, 19/04, 26/04 e 03/05
VI Jornada da ENADEP
De 16 de abril a 9 de julho
Curso "Prova sob Suspeita"
6 de maio
AGE
De 17 a 19 de maio
Webinário #DefensoriaemPauta: desafios para o acesso à justiça
8 de junho
Reunião de Diretoria da ANADEP
9 de junho
AGE
7 de julho
AGE
4 de agosto
AGE
8 de setembro
Reunião de Diretoria da ANADEP
9 de setembro
AGE
6 de outubro
AGE
3 de novembro
AGE
8 de dezembro
Reunião de Diretoria da ANADEP
9 de dezembro
AGE
 
 
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)