Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr Spotify
04/06/2019

CE: Grande Prêmio Nacional de Justiça e Comunicação é da Defensoria Pública do Ceará

Fonte: ASCOM/DPE-CE
Estado: CE
A Defensoria Pública do Estado do Ceará foi a grande campeã do 17º Prêmio Nacional de Justiça e Comunicação, que avalia e reconhece os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação das instituições do sistema de Justiça do Brasil. A Defensoria do Ceará ficou em primeiro lugar nas duas categorias que estava concorrendo: Grande Reportagem, com a série de matérias “Mundo de Direitos”,  e Relacionamento com a Mídia, a partir do trabalho realizado com a mídia sobre o “HC Coletivo Em Defesa das Mães Encarceradas”. Além disso, a série “Mundo de Direitos” foi contemplada com o “Grande Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça”, entre todas as práticas apresentadas, somando notas dos jurados com a dos profissionais participantes do encontro. O Prêmio foi entregue para as jornalistas Bianca Felippsen e  Déborah Duarte, que representaram a equipe.
 
O resultado foi divulgado no dia 31 de maio, durante o encerramento do Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação do Sistema de Justiça (Conbrascom), em São Paulo. O prêmio é uma iniciativa do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, organização fundada pelos assessores de Comunicação do Judiciário, do Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, tribunais de contas e instituições afins, voltada ao desenvolvimento de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão. Para a defensora pública geral, Mariana Lobo, “é uma honra termos cinco prêmios para a Defensoria na edição, sendo duas delas pro Ceará. Acredito que sejam os frutos dos investimentos públicos que a Defensoria Pública do Ceará na comunicação, em uma equipe de excelência, dedicada e em constante aprimoramento das relações com a sociedade”, assegura. Foram ganhadores de prêmio ainda a Defensoria da Bahia (na categoria spot de rádio) e Tocantins (na categoria fotografia), em trabalho que dividiu o primeiro lugar com Ministério Pública de Alagoas. A Defensoria do Rio de Janeiro e Associação de Defensores Públicos de Minas também foram finalistas.
 
Em todo o Brasil, foram enviados mais de 200 trabalhos por diversas instituições do sistema de Justiça, que foram julgados por 33 profissionais de diferentes áreas da Comunicação e  regiões do Brasil. A instituição cearense foi a única do Estado entre os finalistas de todas as doze categorias. Em 2018, a Defensoria do Ceará já tinha sido destaque na premiação com o projeto Relatório de Gestão 2016-2017, uma publicação de 70 páginas, destacada por sua linguagem de fácil acesso e design contemporâneo, ficando em terceiro lugar na categoria Publicação Especial.
 
Os Prêmios são divididos nas seguintes categorias:  Mídia Impressa, Mídia Digital, Mídia Radiofônica, Mídia Social, Publicação Especial, Fotografia, Grande Reportagem, Programa de TV, Comunicação Interna, Campanha Institucional de Interesse Público, Relacionamento com a Mídia, Artigo Acadêmico, Prêmio Honorário e o Grande Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça.
 
Projetos premiados – O Grande Prêmio de Comunicação e Justiça destacou pela nota do público e dos jurados a Grande Reportagem “Série Mundo de Direitos”, lançada em dezembro do ano passado, em ocasião dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O trabalho inscrito é composto por três reportagens multimídia, veiculadas no site em 2018, que tratam do direito à Infância, à Moradia e à Vida, todos previstos na Declaração de Direitos Humanos e na Constituição Brasileira. “Figurar como a melhor prática em comunicação, levando novamente a bandeira da Defensoria, entre tantos trabalhos de excelência pelo País, mostra que acertamos o curso de uma política de comunicação eficiente e agora premiada. A Série Mundo de Direitos foi pensada com conteúdo aprofundado, onde mergulhamos nos universos com informações e histórias para dar corpo aos ideais da Defensoria e os direitos humanos, que estão no embrião da instituição. Apostamos há três anos em comunicação pública de excelência para difundir direitos, contando histórias e apresentando serviços, para que eles sejam entendidos, reconhecidos e exercidos”, explica a coordenadora de comunicação da Defensoria do Ceará, Bianca Felippsen.
 
Confira o vídeo sobre a série Série Mundo de Direitos: https://bit.ly/2F27U7B
 
O reconhecimento ao intenso Relacionamento com a Mídia da Assessoria de Comunicação da Defensoria do Ceará veio com o tema “HC Coletivo Em Defesa das Mães Encarceradas”, pautado pela Defensoria antes, durante e depois do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a questão. A partir de dados coletados pelas defensoras públicas atuantes no sistema prisional, a instituição ganhou espaço na mídia para contextualizar o tema do encarceramento feminino e os direitos das gestantes e os direitos dos filhos. “Foram 47 matérias jornalísticas que mostram que a Defensoria acompanhou antes, durante e depois a pauta, com uma detalhada radiografia do sistema prisional, sendo estes dados peça fundamental para mudar a narrativa da imprensa sobre a questão e mostrar a injusta que passam crianças e mães que aguardam julgamento encarceradas. É a prova de que dá certo, com planejamento, promover o casamento entre o universo jurídico com a narrativa a ser levada para a sociedade”, explica.
 
Confira o vídeo sobre o projeto “HC Coletivo Em Defesa das Mães Encarceradas”: https://bit.ly/2EQVvTC
 
A equipe de assessoria de Comunicação da Defensoria Pública do Estado do Ceará é composta por Bianca Felippsen, Déborah Duarte Pontes, Diogo Braga, Evelyn Barreto, Marcello Soares, Raquel Martins e Suelen Mendonça.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
20 de outubro
AGE - Gramado
08 de novembro, Goiás (CONADEP)
AGE
08 A 11 de novembro, em Goiânia (GO)
XV Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos
14 de dezembro
AGO de eleição
13 de dezembro
Reunião de Diretoria
 
 
 
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)