Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr Spotify
12/05/2022

GO: DPE requer informações à SMS sobre falta de insumos para insulinodependentes

Fonte: ASCOM/DPEGO
Estado: GO
A Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO), por meio do Núcleo Especializado de Direitos Humanos (NUDH), enviou um ofício à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia solicitando informações sobre a falta de insumos para insulinodependentes. Também requer que sejam apontadas as soluções emergenciais apresentadas aos pacientes que tratam a diabetes nas unidades públicas de saúde do município. O ofício integrará o Procedimento Preparatório para a Propositura de Ações Coletivas (Propac), instaurado pelo NUDH. O documento foi enviado para a SMS na manhã desta quarta-feira (11/05).
 
O ofício foi resultado de uma reunião entre o NUDH e representantes da Associação Metropolitana de Apoio ao Diabético (Amad), que aconteceu na última segunda-feira (09/05), na sede do Núcleo Especializado de Direitos Humanos, no Setor Sul.
 
“A interrupção do fornecimento de insumos necessários para o regular desempenho da bomba de insulina, bem como a suspensão do acompanhamento médico adequado aos insulinodependentes, coloca em risco a saúde de diversos pacientes que se encontram em situação de vulnerabilidade social e não possuem condições de arcar com os custos do tratamento clínico, indispensável para a manutenção de sua qualidade de vida”, afirmou o defensor público Marco Túlio Félix Rosa, coordenador do NUDH.
 
De acordo com o vice-presidente da Amad, André Fabrício Cardoso, a Secretaria Municipal de Saúde e a empresa Medtronic Comercial Ltda. eram responsáveis pelo atendimento e acompanhamento de pacientes insulinodependentes para controle glicêmico, conforme acordo firmado no Contrato nº 153/2018. Contudo, o contrato com a Medtronic se encerrou no dia 12 de abril, tendo a empresa mantido os serviços até o dia 27, para que os pacientes não ficassem desassistidos.
 
André Fabrício relatou que, além da falta de insumos, o término do contrato prejudicou até mesmo os pacientes que já possuem a bomba de insulina em atividade. Disse que entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, que informou que no dia 02 de maio foi autuado processo para a compra dos insumos faltantes, mas que não há previsão para o suprimento dos pacientes que eram beneficiários do programa.
 
Tratamento de Diabetes
 
A bomba de insulina é um aparelho imprescindível para o tratamento médico de diabetes, funcionando de forma contínua, durante 24 horas e em doses precisas, de acordo com a necessidade de cada paciente. Sua função é atuar de modo semelhante ao pâncreas, com o intuito de manter os níveis de glicose no sangue dentro dos valores normais.
 
Para funcionamento regular das bombas de insulina é necessário a utilização de dez unidades de cateter, dez unidades de reservatório e 250 tiras reagentes, o que totaliza um custo de aproximadamente R$ 1.855 por mês.
 
Portanto, em virtude do encerramento do contrato com a Medtronic, o NUDH busca saber qual a solução emergencial será apresentada, pela SMS, aos pacientes insulinodependentes submetidos a tratamento médico nas unidades públicas de saúde do município, tendo em vista a ausência do tratamento, que coloca em risco a vida destes pacientes.
 
O ofício também solicita informações sobre a situação atual do processo de nº 90727184, em trâmite na Prefeitura de Goiânia, para a compra dos insumos, e qual a solução proposta pela Secretaria para dar continuidade ao tratamento médico de diabetes enquanto o processo de compra não é finalizado.
 
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
07 de junho
Reunião de Diretoria
08 de junho
AGE
06 de julho
AGE
03 de agosto
AGE
31 de agosto
Reunião de Diretoria
01 de setembro
AGE
05 de outubro
AGE
08 de novembro, Goiás (CONADEP)
AGE
08 A 11 de novembro, em Goiânia (GO)
XV Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos
14 de dezembro
AGO de eleição
13 de dezembro
Reunião de Diretoria
 
 
 
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)