Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
23/02/2021

PE: Defensoria garante medicamento à paciente com esclerose múltipla

Fonte: ASCOM/DPE-PE
Estado: PE
No Sertão do Pajeú, o Núcleo da Defensoria Pública de Pernambuco no Município de Afogados da Ingazeira assegurou o fornecimento de medicação a assistida acometida por esclerose múltipla. O laudo médico provido pelo Hospital da Restauração evidenciou a essencialidade do fármaco Rituximabe ao processo terapêutico. Após a Unidade Defensorial ingressar com uma Ação de Obrigação, foi incubido ao Estado de Pernambuco fornecer o medicamento gratuitamente à paciente. Assim garantindo o preceito contido no Art.196 da Constituição Federal da responsabilidade estatal quanto à saúde. 
 
O Estado, ainda, contestou mediante o argumento do fármaco pleiteado não ter indicação farmacológica para o tratamento da patologia. E, com isso, declarando que sua utilização poderia ser considerada off-label, e não é autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Foi também alegado a presença de outros meios médicos para tratar o caso. 
 
Segundo a Coordenadora do Núcleo, Isbela Cristina, “Convém ressaltar  que as alternativas oferecidas  pelo Estado, para a referida patologia, não seriam eficazes ao tratamento da autora, conforme o Laudo Médico,” disse. 
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
 
 
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)