Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
17/04/2019

#EmDefesaDelas: Rádio Justiça é parceira da Campanha Nacional das Defensoras e Defensores Públicos 2019

Fonte: ASCOM ANADEP
Estado: DF
A Rádio Justiça será parceira na divulgação da Campanha Nacional "Em Defesa Delas - Defensoras e defensores públicos pela garantia dos direitos das mulheres". O spot da Campanha será veiculado gratuitamente nos intervalos da programação da rádio, que é sintonizada em Brasília na frequência FM 104,7 MHz e em todo o Brasil, através da internet. (www.radiojsutica.gov.br). A colaboração se deve às boas relações entre emissora e Associação e, especialmente, pelo perfil informativo do produto. Clique aqui e ouça o spot.
 
Sobre a Campanha
 
Este ano, a Campanha Nacional tem como tema "Defensoras e Defensores Públicos pela garantia dos direitos das mulheres". O objetivo da campanha é apresentar à população o trabalho da Defensoria Pública em favor das mulheres que necessitam de acesso à Justiça para a garantia dos seus direitos. O lançamento oficial será no dia 3 de maio, na capital Paulista (SP). Durante o lançamento haverá atendimento psicossocial e jurídico gratuito, exposição temática e rodas de conversas, com a participação do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (NUDEM), movimentos sociais, artistas e usuárias dos serviços da Defensoria.
 
Sobre a Rádio: A Rádio Justiça é uma emissora pública de caráter institucional do Poder Judiciário administrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). As transmissões em FM começaram em 5 de maio de 2004 com alcance restrito ao Plano Piloto de Brasília. Três anos depois, em 29 de maio de 2007, a emissora aumentou a potência para 20kW na freqüência 104,7 MHz, sendo sintonizada em todo o Distrito Federal. Os estúdios da Rádio Justiça estão localizados no subsolo do Edifício Sede do Supremo, na Praça dos Três Poderes.
 
 
Ao tratar os temas jurídicos em profundidade, a Rádio Justiça busca evitar que assuntos importantes e complexos sejam abordados superficialmente. Jornalismo, educação, cultura, cidadania e prestação de serviço são os eixos editoriais. O ouvinte pode acompanhar a Rádio Justiça 24 horas por dia. Além da produção de notícias por equipe própria, jornalistas de outros tribunais e de entidades ligadas ao judiciário, são correspondentes da Rádio Justiça em todos os estados. Desse modo, o acompanhamento dos fatos da Justiça brasileira tem o ponto de vista de múltiplas fontes.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)